Chegadas... e novos começos

Na quinta-feira, 29 de setembro de 2016, acontecerá a defesa da dissertação da nossa querida Juliana Fonseca, que tem por título, " Paisagens e imagens amazônicas: os caminhos do imaginar, olhar e sentir" para obtenção de seu mestrado.  

RESUMO

O Homem elabora imagens do mundo que o cerca revestidas de significações e valores que se expressam e referem à paisagem. O resgate dessa imagens é um fator importante para que o homem cultive sua existência, vivencia o seu espaço e construa a sua história. A paisagem é concebida como expressão do mundo da vida, ou de ser-no-mundo, visto que é o encontro, o acontecer simultâneo de um loca, um olhar e uma imagem. Desenvolvido na perspectiva da fenomenologia, esse trabalho apresenta um caráter exploratório e descritivo. Essa reflexão visa analisar e descrever as imagens oriundas do ato de experienciar a paisagem amazônica. A pesquisa bibliográfica, o levantamento de dados por entrevistas e o trabalho de campo compreendem os procedimentos metodológicos. Os relatos obtidos não oferecem um esquema de experiências comuns, mas um campo de possibilidades compartilhadas, reais ou imaginárias sobre a Amazônia. As imagens que as pessoas elaboram da porção do espaço onde vivem, vivificam e edificam os saberes locais e possibilitam que o estranho, se torne próximo. A pesquisa possui como foco a região central d Rondônia, mais especificamente o município de Cacoal, alvo de diversos projetos de colonização; frentes de expansão agropecuária e considerada uma das frentes pioneiras mais dinâmicas da Amazônia brasileira. A paisagem é no presente trabalho o ponto de partida para reflexões mais amplas, visto que, antes de tudo, experimentamos a paisagem para poder percebê-la. O processo de recordar é uma das principais formas de nos identificarmos quando narramos uma história. Ao narrar uma história, identificamos o que pensamos que éramos no passado, quem pensamos que somos no presente e o que gostaríamos de ser no futuro.


PALAVRAS-CHAVE: Imagem, paisagem, Fronteira, Amazônia, Fenomenologia

Local: Sala da Congregação do IGC/UFMG
Horário:  18h00

Banca:

Profa Dra Maria Aparecida Tubaldini (Orientadora)
Prof Dr José Antônio Souza de Deus  (UFMG)
Profa Dra Letícia Carolina Teixeira Pádua (UFVJM)
Profa Dra Vírginia de Lima Palhares (UFMG)


Comentários

Postagens mais visitadas